Gripe A (H1N1)

A gripe suína ou gripe porcina é uma forma de gripe aviária, com origem em suínos, que pode ser transmitida aos humanos, através do contacto com animais e objectos contaminados e, por sua vez, entre estes.

INTRODUÇÃO

Topo

A gripe suína ou gripe A é uma forma de gripe aviária, com origem em suínos, que pode ser transmitida aos humanos, através do contacto com animais e objectos contaminados e, por sua vez, entre estes.

A gripe suína é uma doença respiratória dos suínos causada pelo vírus influenza tipo A, subtipo H1N1. Os focos de gripe suína acontecem regularmente em suínos. Normalmente, os humanos não contraem a gripe suína apesar de, por vezes, as infecções acontecerem. No passado recente, a maioria dos casos humanos de gripe suína foram em pessoas que estiveram em contacto estreito com suínos, tais como agricultores.

O contágio entre humanos pode tornar esta gripe pandémica - um surto global de gripe que se espalha rapidamente, por ser um novo tipo de vírus a que poucas pessoas têm resistência.

A gripe pandémica é um acontecimento natural que ocorre de tempos em tempos. No último século, houve uma pandemia gripal, em 1918, 1957 e 1968, quando milhões de pessoas morreram em todo o mundo.

Qual a diferença entre gripe suína, gripe sazonal ou a gripe das aves?

A gripe sazonal, causada por um vírus da gripe existente, é uma infecção comum que normalmente ocorre durante um período de dois meses no inverno. Para a maioria das pessoas, é uma infecção desagradável, mas não comporta risco de vida. As pessoas que estão mais expostas ao risco, como os idosos, podem ser sujeitas, todos os anos, à administração de uma vacina.

A gripe das aves, também conhecida como gripe aviária, é normalmente, como o seu nome sugere, confinada a aves. No entanto, tal como gripe suína, também pode, por vezes, ser contraída pelos humanos e pelos suínos.

A gripe suína, propagada aos humanos, pode ser muito grave e pode causar a morte. Pode, como já se disse, dar origem a uma pandemia que ocorre quando um novo vírus da gripe aparece na população humana e se propaga de pessoa para pessoa, a uma escala global. É provável que esse vírus seja resultado de um vírus animal, combinado com o vírus humano. Um surto de gripe pandémica causa, naturalmente, mais doenças e muitas mais mortes do que as vulgares gripes.

CAUSAS

O vírus da gripe está em constante mutação e, a cada ano, surgem novas estirpes. O vírus da gripe suína mexicana (2009) é um desses.

Quando aparece um vírus de gripe muito diferente dos existentes, a maioria das pessoas não terão imunidade a ele, o que potencia a sua rápida propagação, podendo causar uma pandemia.

Como se propaga o vírus da gripe?

O vírus da gripe suína é espalhado exactamente da mesma forma que as vulgares constipações e gripes.

O vírus da gripe é constituído por pequenas partículas que podem ser transmitidas através de gotículas que saem do nariz e da boca quando alguém tosse ou espirra.

Se alguém tosse ou espirra, sem proteger a boca e o nariz, as gotículas podem espalhar-se a mais de um metro de distância, contaminando alguém que esteja próximo.

Ou, se alguém tosse ou espirra, cobrindo com a mão, facilmente transferirá o vírus para as pessoas em que tocar.

No dia-a-dia, em casa e em locais públicos, podem existir vestígios do vírus, tais como em portas, no controlo remoto da TV ou em teclados de computadores. Os vírus podem sobreviver por várias horas sobre estas superfícies. Se tocar nessas superfícies e, em seguida, tocar no seu rosto, é possível ser infectado.

SINTOMAS

Topo

Os sintomas da gripe suína são globalmente os mesmos que as de simples gripe, mas podem ser mais graves e causar complicações mais graves.

Os sintomas típicos são febre súbita e repentina tosse. Outros sintomas podem incluir dor de cabeça, cansaço, arrepios, dores musculares ou dor nas articulações, diarreia, náuseas, dor de garganta, rinorreia, espirros, e perda de apetite.

Se a gripe se torna pandémica, potencialmente, todos estão em risco porque poucas pessoas lhe serão imunes.

Se tiver qualquer destes sintomas, mas não existir notícia de qualquer gripe pandémica, provavelmente tratar-se-á de uma vulgar gripe sazonal.

Tratamento

Topo

Uma das maneiras de diminuir os sintomas da gripe pandémica é a de tratar pessoas infectadas com medicamentos antivirais. Os antivíricos contribuirão para reduzir o tempo da doença, aliviar alguns dos sintomas, e reduzir o potencial de complicações graves, como a pneumonia. Os antivíricos não curam, mas reduzem os sintomas e ajudam a recuperação.

PREVENÇÃO

Topo

Impedir a propagação de germes é a única forma eficaz para retardar a propagação de doenças como a gripe suína.

Para proteger-se deve lavar as mãos regularmente com água e sabão, e garantir a limpeza regular de superfícies, como por exemplo de um teclado de um computador.

Pode impedir uma propagação do vírus a outras pessoas, usando lenços para cobrir a boca e o nariz quando tosse ou espirra e lavando as mãos regularmente.

Para saber mais consulte o seu Infecciologista
Este artigo foi útil?
Artigos relacionados
Procurar Médicos
Precisa de ajuda?
Porque perguntamos?
Dor lombar e ciática Aparelho locomotor/exercício físico
Dor cervical Aparelho locomotor/exercício físico
Artrose Aparelho locomotor/exercício físico
Nódulos e pólipos das cordas vocais Aparelho respiratório/glândulas endócrinas
Lesões dos meniscos Aparelho locomotor/exercício físico
Tumores benignos do ovário Aparelho reprodutor/sexualidade