Electromiograma

O electromiograma, abreviadamente EMG, é um método que permite analisar a actividade eléctrica dos músculos e dos nervos que controlam os seus movimentos, sendo muito útil para distinguir as doenças musculares dos problemas dos nervos que inervam os músculos examinados.

Procedimentos

Topo

Os impulsos eléctricos são registados através de pequenos eléctrodos metálicos com a forma de discos aplicados sobre a pele do músculo que deve ser examinado ou através de eléctrodos com a forma de finas agulhas que são directamente inseridos na massa muscular. Estes eléctrodos encontram-se ligados a um aparelho que amplifica as diferenças de potencial entre os distintos eléctrodos, traduzindo-as em curvas reflectidas num ecrã de um osciloscópio ou através de um sinal auditivo transmitido através de um altifalante.

As eventuais alterações na forma adoptada pelas ondas eléctricas no ecrã e nos sons comprovam se existe algum tipo de alteração muscular ou de natureza neurológica.

O exame, que costuma durar entre trinta minutos a duas horas, é totalmente inofensivo para o paciente, não provocando qualquer dor, à excepção do ligeiro incómodo provocado pela eventual picada.
Para saber mais consulte o seu Neurologista
Este artigo foi útil?
Artigos relacionados
Procurar Médicos
Precisa de ajuda?
Porque perguntamos?
NEUROLOGISTASVer todos
Dor lombar e ciática Aparelho locomotor/exercício físico
Dor cervical Aparelho locomotor/exercício físico
Artrose Aparelho locomotor/exercício físico
Nódulos e pólipos das cordas vocais Aparelho respiratório/glândulas endócrinas
Lesões dos meniscos Aparelho locomotor/exercício físico
Tumores benignos do ovário Aparelho reprodutor/sexualidade